Myelom-Gruppe Rhein-Main

Data da última actualização: 12 de Janeiro de 2013

Trabalho com os meios de comunicação

Os bons contactos com os meios de comunicação podem contribuir não só para chamar a atenção sobre o mieloma múltiplo em geral e a sua organização de doentes ou iniciativa em particular, mas também podem encorajar terceiros a apoiar as suas actividades e a seguir o seu exemplo, ajudando outras pessoas que sofrem desta doença rara.

A par dos meios públicos e de informação geral, como a rádio e a televisão, existem outros que talvez queira incluir no seu trabalho:

  • a imprensa especializada em oncologia e hematologia
  • a imprensa médica especializada, incluindo as publicações para médicos, pessoal de enfermagem, assistentes sociais e farmacêuticos
  • publicações de organizações de auto-ajuda e de clínicas
  • a Internet, incluindo fóruns de discussão, "chats", hiperligações, etc.

Conselhos úteis para os seus contactos com os meios de comunicação:

  • Certifique-se de que o que tem para dizer é novo e interessante.
  • Respeite os prazos de entrega dos jornalistas. Se prometer entregar a informação dentro das próximas duas horas, faça-o.
  • Procure compreender o que querem os jornalistas. Querem uma ampla reportagem sobre o mieloma múltiplo, um relatório de experiência que descreve o que significa viver com esta doença ou querem apenas dados e factos concretos?
  • Aprenda a conhecer os meios de comunicação. Observe como a imprensa escrita ou a rádio utilizam normalmente o material informativo e como o apresentam ao seu público. Apresente a sua própria informação de forma correspondente.
  • Descubra as preferências dos jornalistas. Preferem uma entrevista pessoal, uma comunicação telefónica ou simplesmente um contacto por correio electrónico? Estão interessados numa entrevista, querem informação sobre as razões de fundo ou procuram apenas uma ideia para uma história?
  • Esteja bem preparado. Sempre que comunique com um jornalista, independentemente de ser pessoalmente, por telefone ou por escrito, pense exactamente quais mensagens centrais deseja transmitir e exponha-as com precisão. Se responder oralmente ou por escrito, repita estes pontos chave.
  • Seja entusiasta. Não pode esperar de nenhum jornalista que se entusiasme com a sua história se você mesmo não o está.
  • Se não poder responder a uma pergunta, seja sincero e ofereça-se para averiguar a resposta. Mantenha a sua promessa e entre de novo em contacto, mesmo que não tenha encontrado uma resposta.
  • Pratique a continuidade e a exactidão. Actualize meticulosamente a sua lista de destinatários dos meios de comunicação e informe regularmente os jornalistas. No entanto, divulgue apenas notícias que sejam relevantes para os respectivos meios.
Início de página

Conselhos úteis para entrevistas:

  • Esteja bem preparado. Tente averiguar o motivo da entrevista, porque o escolheram a si, que problemas acarreta o tema em questão, que jornalista o vai entrevistar, de que meio de comunicação se trata, de quanto tempo vai dispor e quem mais vai ser entrevistado. Tenha consciência do público e das possíveis perguntas.
  • Certifique-se de que compreende bem as perguntas.
  • Defina as prioridades. Pense que pode dizer mais do que apenas responder às perguntas do jornalista. Aponte três mensagens centrais antes da entrevista e comunique-as em qualquer ocasião que se apresente.
  • Fale com clareza e de maneira compreensível e tenha confiança em si mesmo. Pense que sabe mais do tema do que o jornalista.
  • Utilize termos médicos complicados apenas quando se tratam de meios de comunicação do campo médico.
  • Cite exemplos relevantes quando pretende concretizar.
  • Se não sabe a resposta, diga-o. Não minta nem especule e não discuta com o jornalista. Evite fórmulas já prontas e acabadas, tal como "sem comentários", e não repita comentários negativos.
  • Não há nada que não seja registado. Não conte nada a um jornalista que não queira ver aparecer também na imprensa escrita ou nos meios radiofónicos. A entrevista começa quando se encontra com o jornalista e termina quando se vai embora. Durante este período de tempo é tudo registado.