Myelom-Gruppe Rhein-Main

Data da última actualização: 12 de Janeiro de 2013

Diagnóstico

O diagnóstico serve para confirmar ou infirmar a suspeita de uma doença cancerosa e, no caso de confirmação, para se obter mais informações sobre o tumor. Só é possível iniciar um tratamento adequado depois de se ter efectuado um diagnóstico exaustivo.

A doença pode ser diagnosticada de várias maneiras. Um primeiro diagnóstico faz-se através de indicadores gerais, tal como uma alteração dos valores do sangue e da urina, bem como dores ósseas e fracturas. Estes levam o médico a fazer exames mais exactos acerca da presença de um mieloma múltiplo. Para um diagnóstico positivo, devem estar cumpridos, pelo menos, dois dos seguintes critérios:

  • A percentagem de plasmócitos na biopsia da medula óssea é superior a dez por cento.
  • Lesões ósseas específicas do mieloma (buracos que parecem ter sido recortados do sistema esquelético) ou diminuição da densidade óssea (osteoporose) e fracturas. No entanto, nenhuma destas lesões é absolutamente específica para o mieloma múltiplo.
  • A taxa de paraproteínas comprovada no sangue é superior a 3 gramas por 100 ml e/ou foram detectadas paraproteínas na urina e/ou comprovou-se uma diminuição da densidade óssea.

O objectivo dos exames é obter-se tão cedo quanto possível, ou seja, antes da aparição de complicações, um diagnóstico seguro e avaliar o carácter benigno ou maligno do tumor. A natureza do tumor será um critério importante para a decisão sobre qual tratamento lhe será proposto.

Descreva ao seu médico as queixas e doenças prévias. Qualquer detalhe, tão insignificante que se achar, pode ser uma informação importante para o médico. A este respeito, leia também a página "Doentes informados".

A par da análise do sangue e da urina, o emprego de radiografias ou tomografias por ressonância magnética e os TACs são meios auxiliares de diagnóstico para a detecção de osteólises (degradação óssea). A biopsia da medula óssea, ou seja, a retirada de uma amostra de tecido da medula óssea, constitui um método rigoroso de diagnóstico do mieloma múltiplo. Os seus sintomas, os resultados das análises de sangue e urina, os exames radiológicos, bem como a avaliação da biopsia da medula óssea ajudam depois a confirmar o diagnóstico.